Sem palavras

Ela dormiu chorando mais uma vez.
Queria dizer muitas coisas mas as palavras já não saíam.
O sono compulsivo deixava que as palavras ficassem do lado de fora.
De preferência, no lixo…
Dom Magalhães para Sem Malas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.